MB Contabilidade Juiz de Fora - MB Contabilidade Matias Barbosa - MB Contabilidade em Juiz de Fora

  •   Av. Cardoso Saraiva, 358 Centro - Matias Barbosa / MG
  • Tel: (32)3273-1326 / (32)3273-3321
  • contato@mbcontabilidade.net



Notícia

02/07/2024

MEI: saiba como fazer o fluxo de caixa e melhorar sua gestão financeira

Manter as finanças do seu Microempreendimento Individual (MEI) é parte importante do planejamento para alcançar o sucesso e crescimento do negócio.

O fluxo de caixa, que controla todas as entradas e saídas de dinheiro, é uma ferramenta indispensável para uma gestão financeira eficiente.

Confira como realizar um fluxo de caixa eficaz, garantindo o controle financeiro e facilitando a tomada de decisões estratégicas.

O que é o fluxo de caixa? 

O fluxo de caixa é um registro detalhado de todas as movimentações financeiras do seu negócio, incluindo receitas e despesas. Ele oferece uma visão clara da saúde financeira do empreendimento, ajudando a planejar e tomar decisões importantes.

Por exemplo, em uma loja de roupas, as receitas incluem as vendas das peças, enquanto as despesas envolvem a compra de tecidos, pagamento de funcionários, contas de luz e aluguel.

Como fazer o fluxo de caixa para MEI? 

Existem várias maneiras de fazer o fluxo de caixa para um MEI, desde planilhas eletrônicas até plataformas de contabilidade online.

O importante é escolher um método que seja fácil de usar e manter atualizado. Confira as etapas essenciais para organizar as finanças do seu MEI:

  • Defina o período de análise: determine se o fluxo de caixa será mensal, trimestral ou anual;
  • Registre as receitas: liste todas as fontes de receita do seu negócio, como vendas de produtos ou serviços;
  • Registre as despesas: anote todas as despesas, como matéria-prima, aluguel, salários, impostos e contas de água, luz e internet;
  • Classifique as despesas: separe as despesas em categorias, como operacionais, fixas e variáveis, para um melhor controle financeiro;
  • Calcule o lucro: subtraia o total das despesas do total das receitas para determinar o lucro;
  • Analise e interprete os resultados: identifique padrões e tendências ao longo do tempo para melhorar o planejamento financeiro;
  • Faça projeções: com base nos resultados, faça projeções futuras para planejar investimentos e necessidades de capital de giro;
  • Utilize ferramentas de apoio: utilize planilhas, sistemas de gestão financeira ou aplicativos específicos para facilitar o controle do fluxo de caixa;
  • Atualize regularmente: revise e atualize o fluxo de caixa periodicamente para garantir a precisão das informações.